Funil de Vendas: o que é, como funciona e para que serve?

COMPARTILHE COM SEU TIME!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Funil de Vendas

Você sabia que sem um Funil de Vendas bem estruturado, as estratégias desenvolvidas em sua empresa tendem a afugentar clientes em potencial? O fato é que as ações comerciais de qualquer negócio necessitam de etapas eficientes de aproximação com o consumidor para que os resultados sejam os melhores possíveis. E sua equipe não pode ficar fora disso!

Para que haja a garantia de uma afinidade satisfatória com os potenciais clientes que vêm optando pela sua empresa na hora das pesquisas, o primeiro passo é separar em quais etapas do Funil de Vendas cada pessoa está. Até porque a linguagem a ser direcionada precisa respeitar suas fases de aproximação. Por isso, nós separamos um material bastante interessante que irá direcioná-lo nesse entendimento.

Conheça agora o que é um Funil de Vendas, como ele funciona nas estratégias de marketing e para que serve no mundo dos negócios!

Funil de Vendas: entenda o significado

Funil de Vendas
O que é um Funil de Vendas?

Todo cliente passa por uma jornada de aproximação com o produto ou serviço até o fechamento do negócio. Isso se estende desde o primeiro contato com determinada empresa, até o avanço das negociações e, por fim, a compra efetuada.

Esse percurso trilhado pelo consumidor, ao ser dividido por etapas, é denominado Funil de Vendas. É através dessa estratégia de aproximação que o vendedor conduz cada consumidor, afinando as transações nas suas particularidades, entendendo o nível de discernimento e consciência da pessoa em relação ao produto ou serviço proposto, até a concretização de um negócio.

O Funil de Vendas e sua importância no processo de negociação

Funil de Vendas
Funil de Vendas
Ajustando as propostas

A internet transformou a maneira de pensar e agir dos clientes. Se as percepções e exigências estão maiores, acompanhar e entender os reais motivos que farão um consumidor em potencial optar pelos seus produtos ou serviços se torna imprescindível.

A importância do Funil de Vendas nesse processo de negociação deve ser levada em conta principalmente na hora de customizar cada investida. Ou seja, se o cliente é único, as propostas de vendas também precisam ser únicas, individuais. 

Se o cliente tiver dúvida, ofereça a resposta. Se ele nota que seu negócio pode ser a solução para seu problema, faça-o acreditar nisso. 

Agora vamos entender como funciona cada etapa do funil, sempre levando em conta a singularidade de cada cliente.

Funil de Vendas: conheça suas etapas

Topo, meio e fundo. Essas são as três etapas do Funil de Vendas, ou seja, as fases pelas quais o cliente passa até sua decisão de compra. 

No marketing, cada etapa é compreendida por siglas. ToFu, Topo do Funil (em inglês Top of the Funnel), MoFu, Meio do Funil (em inglês Middle of the Funnel) e BoFu, Fundo do Funil (em inglês Bottom of the Funnel).

Conheça agora o que significa cada uma das etapas:

Topo do Funil

Quando o cliente se encontra no Topo do Funil (ToFu), ele ainda não se atentou às suas dores, problemas e desejos. A pessoa buscou o site ou e-commerce por alguma razão, provavelmente curiosidade. Portanto, é a etapa onde o vendedor deve focar em saber mais sobre esse consumidor e também na compreensão das suas necessidades.

A partir do momento em que o contato com o profissional ocorre e esse lhe mostra conhecimento e base sobre seus contratempos e vontades, o cliente passa a querer saber mais sobre o assunto, observando as informações, pesquisando. O ideal, então, é oferecer um material rico em informações, que faça com que a pessoa compreenda suas próprias dificuldades e pretensões. Com isso, espera-se que esse primeiro contato evolua para conversão em lead.

Meio do Funil

Quando o cliente se encontra no Meio do Funil (MoFu), ele já reconheceu suas dores ou desejos, passou seus contatos para o vendedor e espera por situações que possam resolver tais assuntos. 

Preste bastante atenção! Não se deve focar na venda enquanto o consumidor passeia por esse estágio. A ideia aqui é deixar claro que o profissional está de prontidão para ajudar a pessoa. Portanto, entregar novos materiais com algumas dicas e mostrar que há solução para o que ele busca é o ideal. 

Diante dessa evolução, há uma conexão maior entre cliente e vendedor. Só, então, o próximo passo deve ser dado.

Fundo do Funil

Quando o cliente se encontra no Fundo do Funil (BoFu), ele já passou por todo o processo de orientação sobre suas dores ou desejos. Sua confiança no vendedor é certa, inclusive na empresa que disponibiliza o produto ou serviço em questão. Ou seja, esse consumidor está pronto para receber uma oferta do profissional de vendas.

Contudo, é preciso ficar atento à seguinte informação: mesmo estando no Fundo do Funil, nenhum cliente gosta de imposições. Portanto, mostrar parceria ao invés do famoso ‘toma lá, dá cá’ é essencial. O vendedor precisa deixar claro que está ali à disposição, até para incrementar alguns adendos que forem necessários. Ou seja, se por algum motivo surgir uma última dúvida, o profissional deve estar de prontidão para saná-la.

O Fundo do Funil também serve como alavanca para a fidelização do cliente. Desse modo, caso a empresa queira focar nesse relacionamento estendido, não há objeções para realizá-lo após uma compra por parte do cliente.

Funil de Vendas: como evoluir durante as etapas

Funil de Vendas
Funil de Vendas
Criando oportunidades

De nada adianta conhecer as fases do Funil de Vendas e não colocá-las em prática. Saiba agora como aplicá-las nas suas negociações para obtenção de bons resultados:

Conheça os clientes em potencial

Tente entender como o cliente chegou até sua empresa. Para isso, não tenha receio em perguntar. Se achar melhor, opte por uma pesquisa, e inclua ainda no questionário quais são as dúvidas que a pessoa tem em relação ao estabelecimento, quais critérios ela utiliza na hora de decidir por uma compra (se é o valor do produto, suas propriedades ou ambos), quais objeções impedem o fechamento de um negócio, etc. Tente saber ainda sobre seu estilo de vida, sua rotina, seus diferenciais. Tudo isso fará com que você personalize o andamento das etapas do funil de vendas.

Entregue materiais relevantes

Ao saber mais sobre seu cliente e entender em qual etapa ele se encaixa, ofereça conteúdos ricos em informações que sanem suas dúvidas. Não hesite em pesquisar e confeccionar materiais relevantes e únicos.

E a cada evolução de etapa, prepare os materiais corretos para que não haja dúvidas do cliente em relação ao que a empresa vem lhe entregando. Pois se ele notar que o estabelecimento não está atento à sua realidade, o mesmo pode desistir do processo.

Interaja com toda equipe

Fazer marketing é também estar atento ao que outros colaboradores exercem. Sendo assim, interaja com a equipe, veja quais acordos eles estão fazendo com seus leads. Ao reconhecer alguma falha, peça ajuda, até para não comprometer outros resultados.

Reconheça os clientes em potencial

Nem toda pessoa que visita um site ou e-commerce deseja fechar uma compra. E mesmo aquele que deixa seu contato, nem sempre se torna um potencial consumidor.

Portanto, é preciso entender quando a pessoa opta por não evoluir no processo de negociação. Respeite sua decisão, mostre-se à disposição para não perder de vez o contato e siga o fluxo.

Não foque somente no resultado final

É fato que o principal objetivo de um vendedor é fechar negócio com o cliente. Contudo, o profissional precisa acompanhar cada etapa do funil antes de focar na oferta final.

Quando se reconhece cada fase do Funil de Vendas, fica mais fácil otimizar as estratégias. Com isso, melhorias que precisam estar presentes para o processo evoluir tornam-se mais visíveis de serem detectadas.

O foco sempre será a satisfação do cliente. E esse contentamento não se resume à compra somente. Ele está em todo o processo de negociação.

Portanto, cada evolução durante as etapas do funil é uma vitória e deve ser comemorada.

Conclusão

Funil de Vendas
Funil de Vendas
Autonomia ao vendedor

Saber como funcionam as etapas do Funil de Vendas e para que servem na sua individualidade gera maior autonomia ao vendedor na hora de fechar negócio. O fato é que as fases evoluem gradativamente e é preciso estar atento a cada degrau. E quando há algum percalço no meio do caminho, o contratempo fica mais fácil de ser detectado, avaliado e solucionado.

Com um Funil de Vendas bem elaborado, todo vendedor consegue garantir um bom trabalho de marketing, entendendo suas estratégias e tornando-as eficientes no momento de entregar ao consumidor o que ele espera. O resultado? Progressão nas vendas, fidelização da clientela e uma base firme para evoluir com novas ofertas!

Gostou do que leu?

Então confira outros artigos recomendados pra você!

Teste Grátis a melhor ferramenta de MultiAtendente para WhatsApp do mercado?

Tenha vários usuários em um único número de WhatsApp!

Centralize a informação e melhore a qualidade do atendimento!