Uber: conheça a estratégia de crescimento exponencial da empresa

COMPARTILHE COM SEU TIME!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
UBER

Muitas vezes um simples problema que você teve pode ser também o problema de milhões de pessoas. Foi assim que começou a Uber.

Há exatos 14 anos você imaginaria que, do seu próprio celular, poderia solicitar uma viagem em qualquer grande cidade do mundo? Pois é… Foi nessa época, em 2008, quando ainda não existia a multinacional Uber em nenhum lugar do planeta, que os fundadores Travis Kalanick e Garrett Camp tiveram a brilhante ideia da criação do aplicativo.

Os dois andavam por Paris, numa daquelas noites bem frias, quando necessitaram de um táxi e tiveram dificuldade de encontrar um veículo à disposição. Aquilo mexeu com os dois de tal forma que eles passaram a sintetizar, de alguma forma, algum conceito que resolvesse a indignação que pairava sobre suas mentes.

Não deu outra! Em apenas 03 meses o aplicativo que permitia a uma pessoa solicitar um carro com motorista à sua disposição e com um simples toque no visor do celular foi criado em São Francisco, na Califórnia. Contudo, a primeira viagem aconteceu somente 01 ano e 04 meses depois, quando um usuário fez a conexão. Todo esse tempo de espera para que a ferramenta funcionasse não foi em vão. Kalanick e Camp se apoiaram em pesquisa, planejamento, estratégias e só, então, execução.

A ideia do aplicativo deu tão certo que, em pouco tempo, a Uber se espalhou pelos Estados Unidos, criando novos serviços e chamando a atenção de outros países. E como tudo que é pensado, planejado e executado de forma estratégica tende a fluir de maneira positiva, após 03 anos da primeira ideia, no mesmo mês de dezembro, a Uber foi oficialmente lançada em Paris.

Sua chegada ao Brasil se deu em 2014, em meio a grandes pressões e resistência por parte de outras empresas de transporte. Contudo, a conciliação entre todos foi assinalada com o tempo, o que trouxe tranquilidade para as modalidades tradicionais de viagem e a nova tecnologia que se espalhava com protagonismo por todo o país. 

Enquanto a Uber ia se adequando e ganhando milhões de usuários no Brasil, cinco anos e meio depois da primeira viagem lá na Califórnia a empresa marcava exatos 01 bilhão de solicitações em todo o mundo.

A Uber é tudo isso e muito mais, uma modalidade de oferta de transporte e outros serviços particulares que, de forma rápida e segura, conquistou não só os brasileiros. Hoje a empresa é a maior do segmento no mundo. Só em nosso país, por exemplo, cerca de 69% dos usuários com celular utilizam o serviço da empresa com frequência (pesquisa da Opinion Box, de 2020). 

Conheça agora como se deu toda a estratégia de crescimento exponencial da Uber e entenda como ela oferece uma proposta de comodidade em viagens e entrega de outros serviços, o que a colocou no topo desses tipos de serviço via aplicativo em todo o planeta.

UBER

Uber e o processo de expansão pelos continentes

Se em pouco tempo de vida o aplicativo já fazia enorme sucesso nos Estados Unidos e chegava a Paris com toda força, a internet e o sistema GPS se consolidavam como as duas grandes vias que a empresa precisava para ganhar o mundo. E foi nessa estratégia que seus sócios se atentaram entre 2012 e 2014, ano em que o aplicativo finalmente chegou ao Brasil. Só para constar, um ano antes de sua aterrissagem em terras brasileiras, a empresa já operava em parte da África e também na Ásia. E não tardou em estar frequente em 60 países.

Serviços para todos os gostos

Diante de tanta demanda somente nos Estados Unidos, faltava à empresa a expansão de seus serviços. E essa ideia já vinha desde quando o aplicativo havia sido desenvolvido e atendia como Uber Black. Sendo assim, o serviço de transporte passou a ter outras modalidades, como a Uber X (com automóveis mais compactos e tarifas reduzidas) e o Uber SUV, criado para quem necessitava de maior espaço para transportar seus pertences, mas não queria deixar o segmento de alto padrão, como os confortáveis carros pretos.

A oferta e procura aconteciam de maneira torrencial. Enquanto mais pessoas se inscreviam para oferecer os serviços da Uber, tornando-se motoristas e aumentando seus rendimentos, outras baixavam o aplicativo para aproveitar as viagens, fidelizando a clientela. 

Face a face com as diversas propostas de novos serviços, e que tinham os usuários com inspiração (como entregar determinado item sem a necessidade do passageiro presente), a Uber passou a solucionar os diversos problemas nesse sentido, como a criação da Uber EATS em 2015, transportando comida nas cidades de Chicago, Los Angeles e Nova York.

Isso facilitou ainda mais a vida dos usuários e alavancou a empresa como uma prestadora de diversos serviços de transporte. Hoje o aplicativo possui várias modalidades à disposição, algumas com atendimentos regionais. As opções entre produtos e ferramentas ultrapassam 50 variedades, algumas inusitadas como a que atende em Brasília de nome Uber BARCOS. Tem também a ACQUA UBER no verão do Rio de Janeiro, onde uma picape conversível possui em sua caçamba uma piscina e trafega pelos pontos mais badalados da cidade.

Expansão da Uber: servindo de inspiração

Note como a empresa se atentou à variedade de opções que uma viagem de carro poderia proporcionar. Com tantas preferências, a empresa se organizou em estratégias que pudessem atender aos mais diversos gostos e resolver inclusive questões de acessibilidade.

A resposta que nos chega diante dessa projeção de sucesso é: quando se elabora um produto ou serviço, ele sempre nos dará abertura para novas possibilidades de criações. O interessante é ter essa percepção, planejar formas de desenvolvê-las e lançá-las no mercado.

Há como citar aqui um exemplo próprio:

A JustSell sempre esteve presente no mercado de captação de leads. A proposta de aproximar empresas de seus clientes nos trouxe a convicção de que poderíamos fazer isso de maneira ímpar, pois angariar leads é uma forma de concentrar informações e pessoas. Eis que lançamos recentemente a plataforma Multi Atendente, que traz as inovações necessárias para que haja essa interação entre empresa e cliente, agilizando processos e resultando em maior conversão.

UBER

Uber: como utilizar o aplicativo?

A rapidez em baixar o aplicativo já se torna um diferencial. Até porque, com o número de serviços disponíveis, o contrário poderia ser usual, caso não fosse planejado.

Com o aplicativo instalado, a pessoa faz um cadastro e já pode utilizar o serviço. Inclusive há opção de pagamento via cartão de crédito, o que agiliza ainda mais todo o processo, já que o usuário não precisará desembolsar o dinheiro na hora do desembarque.

Outro diferencial da ferramenta é a mensagem de texto que aponta a chegada do carro. E quando o destino está se aproximando, a pessoa e o motorista são avisados sobre o término do trajeto pelo aplicativo instalado no celular de quem dirige o veículo.

As informações sobre o usuário e o motorista também elevam o padrão de qualidade do serviço da Uber. Qualquer eventual problema, há como saber toda a procedência da viagem.

De tão eficiente, hoje os serviços da Uber são comuns em todo o Brasil e milhões de usuários utilizam o aplicativo para suas demandas.

Uber: Ideia na cabeça e tecnologia à disposição

Um desconforto momentâneo transformou a vida dos idealizadores da Uber. Podemos citar também os criadores do AirBnb, que precisavam pagar o aluguel do apartamento onde moravam e criaram um site onde pudessem alugar parte das acomodações por diária e, enfim, arrecadar o dinheiro necessário.

O que ambos tinham diante de seus olhos era a tecnologia à disposição, ou seja, a internet que conectaria os serviços aos usuários. E não mediram esforços em buscar por respostas para que seus sonhos se tornassem realidade. A Uber, por exemplo, atentou-se também ao GPS, que poderia entregar o preço estimado do trajeto, avisar o motorista que estivesse mais próximo ao usuário e o tempo de espera. Só para constar, em 2017 a Uber já tinha alcançado 05 bilhões de viagens, fechando o dobro disso no ano seguinte.

Portanto, se sua empresa, virtual ou física, tem no universo digital a fonte para alavancar o negócio, o momento é agora para ir atrás de informações. Seja através de pesquisas e consultoria com quem entende do negócio, faça sua ideia sair do papel e, quem sabe, torne-se um dos maiores referenciais no seu segmento.

A Uber, por exemplo, hoje possui multifunções. E tudo isso começou pela falta de um táxi em Paris. 

UBER

Conclusão

Um único momento de insatisfação por parte dos fundadores foi o estopim para que nascesse a Uber, maior empresa de transporte de passageiros via aplicativo no mundo. Seu nome é referência em praticamente todos os lugares por onde passamos e seus rendimentos alavancaram os sonhos de muita gente.

Atentar-se aos desconfortos gerados pela falta de algum serviço pode servir como via certeira para um novo negócio no mercado, ou mesmo para a expansão de sua empresa. Portanto, apreciar os insights que possam surgir diante de momentos complicados é uma grande sacada para qualquer empreendedor que deseja alcançar novos horizontes. Travis Kalanick e Garrett Camp foram expertos e se atentaram a isso antes mesmo de encontrar o táxi. E hoje são pioneiros em encurtar distâncias com uma ferramenta online.

Gostou do que leu?

Então confira outros artigos recomendados pra você!

Teste Grátis a melhor ferramenta de MultiAtendente para WhatsApp do mercado?

Tenha vários usuários em um único número de WhatsApp!

Centralize a informação e melhore a qualidade do atendimento!