O que é copywriting e como essa técnica pode aumentar suas vendas?

COMPARTILHE COM SEU TIME!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
O que é copywriting e como essa técnica pode aumentar suas vendas

Mas afinal, o que é copywriting?

A todo instante diversos textos são lançados na internet. Se alguns exercem a função de informar, outros se comunicam com o usuário utilizando uma escrita persuasiva que o direciona para alguma decisão. A intenção é convencê-lo a realizar algum movimento, seja ele o preenchimento de dados, respostas relacionadas à pesquisas, assinatura de boletins de notícia, ou mesmo a efetivação de uma compra.

Quando falamos de textos persuasivos, apontamos um método bastante conhecido no mundo do marketing: o copywriting. Conheça mais sobre essa técnica de escrita criativa, aprendendo a engajar conteúdo e aumentando ainda mais suas vendas!

Copywriting – O que é

Definir o que é o copywriting é compreender a sua plena funcionalidade. Utilizada diariamente nas mais diversas agências de marketing digital, pode-se afirmar que o copywriting é uma técnica de escrita persuasiva empregada nos mais distintos textos como forma de convencer o leitor a tomar uma decisão.

Um texto trabalhado com esse método tende a gerar sentimentos em quem o lê, como afinidade, atração pelo assunto, relacionamento entre a pessoa e a empresa em questão, dentre outras vivências que certamente apontarão uma ação a ser seguida.

Por que utilizar o copywriting nas suas estratégias de venda?

A técnica de copywriting sempre pede uma tomada de decisão e faz com que a pessoa se identifique com aquilo apontado no texto. Essa identificação é causada pelos gatilhos mentais.

Utilizar o copywriting abre um leque enorme de oportunidades para qualquer empresa que queira apresentar ou vender algo. É a capacidade de se aproximar das pessoas de tal modo que elas notarão o conteúdo onde ele estiver. Essa atração já começa no título e se estende por todo o texto. Sendo assim, sua marca conseguirá alcançar o público desejado, instigando uma ação que resultará no que se é pretendido, seja um simples preenchimento de respostas para determinada pesquisa de conteúdo, ou mesmo a realização de uma venda.

Copywriting – um aliado das grandes marcas

Não é somente as agências de marketing digital que vêm notando a importância do copywriting e o impacto que ele tem na tomada de decisão por parte de qualquer cliente. As grandes marcas mundiais diversificam tais gatilhos a todo instante em suas ações publicitárias. O resultado? Um reconhecimento que está grifado em diversos momentos do nosso dia a dia. Repare!

Quem nunca ouviu falar da Nubank? Pois é, essa empresa genuinamente brasileira revolucionou o mundo bancário, apresentando todas as suas novidades no mundo digital da forma mais descontraída possível. Em seus textos, a Nubank deixa claro que tudo feito pelo aplicativo é mais rápido, prático, e sem aquele fantasma que assola a vida dos brasileiros: a burocracia.

Repare que a empresa pega uma situação que atrapalha muito a rotina das pessoas e, de forma direta, a elimina com duas palavras: “…sem burocracia.” Precisa de algo a mais para convencer o usuário a ter uma conta digital com eles?

Agora, imagine você podendo assinar um conteúdo digital e cancelá-lo “quando quiser”. Esse foi o gatilho utilizado pela Netflix, o do compromisso com seu público, e que ganhou a confiança da galera. A empresa apenas verificou o transtorno que um usuário passa ao tentar cancelar algum serviço. Pronto! Foi só entregar essa atribuição como sendo uma de suas assinaturas e a Netflix se tornou protagonista no Brasil em serviços de streaming.

Exemplos de gatilhos utilizados no copywriting

copywriting e gatilhos mentais

Os gatilhos mentais nada mais são do que estímulos elaborados na forma escrita e que instigarão um usuário a tomar alguma decisão em relação ao texto apresentado. Incluímos aqui alguns exemplos para que seu empreendimento engaje ainda mais na internet:

Afinidade

Pessoas se conectam umas às outras pelo que elas vivenciaram em suas trajetórias. Quando a empresa entrega uma situação compatível a essas vivências, gera uma afinidade com o leitor. O storytelling é muito utilizado para esse gatilho mental.

Escassez

Sabe aquela sensação de perda, caso você não aja? Tipo, “…últimas peças no estoque.” ou “…só até o final do dia.” O gatilho da escassez aponta o término de uma promoção e o prazo que a pessoa tem para não perdê-la.

Prova Social

Os depoimentos de terceiros são sempre bem-vindos quando se faz uma pesquisa para comprar algum produto. Portanto, destacar os casos de sucesso da empresa na internet é uma prova social de gatilho mental que entrega ao usuário o quanto será positiva a sua experiência.

Autoridade

Todo cliente tende a confiar em algo que seja respaldado por um conhecedor do assunto, um técnico, perito na área. Referências que venham de reportagens e inclusive palestras também servem como base para mostrar autoridade. É um gatilho mental muito utilizado em copywriting.

Reciprocidade

A palavra já diz tudo: há uma correspondência mútua. Deixar o cliente satisfeito com alguma dúvida sanada, envio de brindes, entrega de conteúdos de valor, tudo isso aguça o gatilho mental da reciprocidade, ou seja, o usuário contemplado tende a retribuir a ajuda ou o mimo.

Exclusividade

Quem não quer um produto peculiar, vendido com uma produção limitada? A sensação de ter algo especial e que poucas pessoas irão adquirir é embalada pelo gatilho mental da exclusividade. Afinal, receber produtos e brindes específicos é uma oportunidade que pode ser única.

Conclusão

São muitos os gatilhos mentais utilizados nas técnicas de copywriting. Eles estão inseridos nas mais diversas campanhas de marketing digital. Contudo, cada gatilho deve ser pensado e analisado com cautela antes de seu acréscimo num determinado texto.

Inteirar-se bem sobre seu público, ofertar algo à mais que seja exclusivo, utilizar casos de sucesso ou histórias que aproximem o cliente da marca, tudo isso pode se tornar uma fonte para a elaboração de um texto de copy.

Nos dias de hoje, há profissionais altamente qualificados para a função de copywriter. São redatores que sabem criar um título chamativo, utilizar os gatilhos mentais, gerar expectativas em cima do que a empresa pode ofertar, e tudo isso se atentando às técnicas de SEO para que a audiência seja relevante. Com isso, sua empresa recebe visibilidade e tem maiores chances de fechar negócios.

Gostou do que leu?

Então confira outros artigos recomendados pra você!

Teste Grátis a melhor ferramenta de MultiAtendente para WhatsApp do mercado?

Tenha vários usuários em um único número de WhatsApp!

Centralize a informação e melhore a qualidade do atendimento!