História do Google: conheça a trajetória de crescimento exponencial da gigante de buscas

COMPARTILHE COM SEU TIME!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
História do Google

A história do Google remonta a própria trajetória da internet nas nossas vidas.

Quando você opta por pesquisar algo na internet, qual buscador utiliza? O Google é isso, uma força empresarial tão imensa, que se tornou a primeira resposta na vida de quem necessita achar algo na rede. 

 Se a internet abriu caminhos para que cada um de nós abraçasse o mundo sem sair de casa, a história do Google nos mostra que a multinacional foi quem asfaltou toda essa estrada.

O Google é realmente um marco no que se refere à hospedagem em nuvem, serviços de análise online e publicidade na rede, além de outros serviços ofertados. Referenciado como o ‘Gigante de Buscas’, esse megaempreendimento também entrega softwares para download e é conhecido como a principal engrenagem de rastreio e averiguação do mundo virtual.

Ao apreciarmos seu domínio e patrimônio pelo planeta, nem nos atentamos como tudo começou. O fato é que o Google assinalou sua marca e, independente dos novos rumos tomados pela internet em geral, a multinacional é parte da trajetória de todo esse universo.

Conheça a história do Google, que se tornou uma das três mais valiosas empresas do mundo e entenda como se deu esse crescimento exponencial!

História do Google

História do Google: o início do Gigante de Buscas

A história do Google começa com um encontro casual entre dois jovens adultos na Universidade de Stanford. Larry Page, que vinha de Michigan, estava no campus porque sua intenção era continuar ali os estudos iniciados na sua terra natal. Sergey Brin, então aluno no curso de Ciência da Computação em Stanford, ficou encarregado de apresentar a universidade a Page.

Na própria página oficial do Google há um relato de que, enquanto andavam pelo campus, ambos discordavam de quase tudo. Ou seja, tinha tudo para dar errado naquele encontro entre Sergey Brin e Larry Page. Mas havia um ‘porém’ que faria toda a diferença. Page já era formado em Ciência da Computação lá em Michigan e sua entrada em Stanford seria para embarcar no Doutorado. 

O resultado desse embate entre jovens pensadores e discordantes foi uma dissertação para a universidade e que chamava a atenção pela singularidade. Nela, apresentava-se as propriedades técnicas do que seria um buscador na internet. Assim nascia o BackRub, que tempos depois teve seu nome substituído para Google. 

Quando nos deparamos com essa ideia da troca de nome, vem a pergunta: “De onde eles tiraram o título novo?” A resposta nos mostra o quanto eles eram espertos: ‘Google’ é uma citação à palavra googol, que constitui em seus dizeres o número 01 seguido pelo 0 cem vezes. Na matemática seria 10 elevado a 100. Ou seja, se notarmos as entrelinhas do cálculo, o googol é tão ‘gigante’ que ultrapassa a quantidade de átomos que existem no Universo. Uau!

No dia 15 de Setembro de 1997, o domínio google.com foi registrado. E faltando apenas 11 dias para que esse projeto completasse 01 ano no mercado, o negócio foi consolidado como uma empresa de capital fechado. Isso significa que o Google entrava para os registros que apontavam uma nova sociedade anônima pertencente a um grupo de acionistas nos Estados Unidos, porém, sem oferecer participações societárias a investidores na Bolsa de Valores.

Detalhe: a empresa ainda funcionava na garagem de uma amiga dos rapazes, a jovem Susan Wojcicki. Sob aquele endereço, tentaram vender o negócio por duas vezes, mas sempre com recusas.

O fato é que o Google precisava crescer nas mãos de Sergey Brin e Larry Page, o que passou a acontecer de forma assustadora e benéfica.

História do Google

O Google e a localização da empresa: porque quando se busca, achar é preciso!

Daquela garagem, a empresa fez outras três mudanças. E desde então, permanece no mesmo endereço em Mountain View, Califórnia. Isso também aponta para a importância do local. Escolhê-lo é fundamental para uma estratégia que vai além da apresentação do ambiente. É preciso encurtar o caminho entre cliente e empresa. É preciso ainda estar num espaço estratégico onde todos possam chegar, que tenha fácil localização.

Isso se estende também para e-commerce. O endereço eletrônico precisa ser bem definido, estratégico, estar ranqueado nos principais buscadores da internet, ou seja, de fácil localização. E nisso a multinacional é mestre! A própria história do Google nos dá esse exemplo.

A questão prática é: como se cria um domínio inteligente, e incluso no topo de um buscador como o Google?

Há empresas especializadas nesse tipo de serviço. A JustSell, por exemplo, além de elaborar todo o design de um site, landing page ou e-commerce, tem profissionais qualificados e dispõe de técnicas para alavancar o rastreio do endereço eletrônico de qualquer negócio, seja ele pequeno, médio ou de grande porte.

História do Google: a empresa ganha dinheiro de que forma?

O patrimônio do Google foi evoluindo conforme as ideias iam amadurecendo. Algo comum que acontece em tantas empresas espalhadas pelo mundo, mas que precisa de estratégia e planejamento. Ou seja, mudar e aperfeiçoar com disciplina é a alma de qualquer negócio!

Se hoje a receita principal do Google é a propaganda, ele começou de forma sucinta com a venda de palavras-chave. Por exemplo, se uma empresa trabalhasse com papelaria em geral, o Google ofertaria a palavra ‘caderno’ ou ‘caneta’ para o negócio. Quando um usuário incluísse tais dizeres no buscador, automaticamente a loja surgiria no topo das pesquisas.

Diante da convicção dos donos em ter somente textos, sem imagens ou banners para alavancar as buscas, outros pareceres foram surgindo. Até que nasceu o Google Adwords. Esse braço da empresa, que no início não seria um sucesso, logo se tornou a principal fonte de renda da gigante de buscas. O Google Adwords é inclusive o carro-chefe que dá à multinacional total vantagem na oferta de outros serviços gratuitamente.

Em 2004 o Google deixou de ser uma empresa de capital fechado, abrindo para o mercado de ações. O espaço em Mountain View se tornou um complexo, conhecido como Googleplex. O nome mais uma vez foi muito bem pensado, ou seja, uma junção de ‘Google’ com ‘Complex’ (em português, complexo). E mais: é também uma associação com o termo googolplex, ou seja, mais uma vez o número 01, só que seguido de 01 googol de zeros. 

História do Google

Como a história do Google pode ajudar os pequenos e grandes empresários

Ao nos depararmos com a trajetória dos amigos Sergey Brin e Larry Page, o que se percebe é a importância da discordância como fator dessa busca por respostas. Seria essa contraposição entre eles a causadora do insight para a dissertação entregue na universidade sobre um ‘buscador’? 

O projeto precisou de investimento. Os jovens foram atrás. Conseguiram o que podiam. Assentaram a empresa numa garagem. Tentaram vendê-la por duas vezes e receberam dois ‘não’. Estando com o projeto em mãos, o jeito foi continuar a tarefa diária que acabou alavancando o negócio. E mais: não pensaram duas vezes em progredir quando o assunto pautado foi a tecnologia.

Portanto, se é expansão que sua empresa necessita, planeje os meios para que ela aconteça. Se há uma ideia de algo novo, proponha caminhos para que ele saia do papel. E utilize as divergências, discordâncias, para um estalar de perguntas e respostas. Se seu negócio precisa de tecnologia para estar mais próximo de seu cliente, busque por informações. Se for viável, implante-a. 

E lembre-se: Brin e Page quiseram resolver o problema das pessoas que necessitavam de pesquisas mais dinâmicas, sem sair de casa. Portanto, tente encontrar no seu produto ou serviço a solução que seu cliente precisa. Só isso já basta para que se forme um caminho gigante de possibilidades à sua frente.

Conclusão

Deparar-se com uma ideia surgida de uma dissertação, que encontrou seu primeiro espaço numa garagem e hoje tem os olhos do mundo voltados para o complexo na Califórnia, responde o poder no domínio que o Google tem sobre a internet, autoridade essa que se interliga com tantos outros serviços.

A própria história do Google e o sucesso da multinacional só levanta a certeza de que, quando há inovação, qualquer negócio pode crescer de maneira real e alicerçado firmemente nos próprios produtos ou serviços oferecidos. Porque são eles que entregam com satisfação o que o cliente deseja. Isso o Google soube fazer com maestria, entrando em 2018 para o topo da lista como uma das 03 empresas mais valiosas do mundo, ao lado da Apple e Amazon!

Gostou do que leu?

Então confira outros artigos recomendados pra você!

Teste Grátis a melhor ferramenta de MultiAtendente para WhatsApp do mercado?

Tenha vários usuários em um único número de WhatsApp!

Centralize a informação e melhore a qualidade do atendimento!