Elon Musk: da pior ideia para o homem mais rico do mundo

COMPARTILHE COM SEU TIME!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

É verdade que Elon Musk é proponente de uma das mais desacertadas idealizações no mundo dos negócios? Pois é… mas também é protagonista de uma grande virada nesse intenso ramo corporativo em que vivemos, o que lhe coloca no patamar de estrela do papel-moeda mundial. E isso pode servir de estopim para todos aqueles que gerenciam seus mais diversos empreendimentos. Veja!

Elon Musk é um empresário conhecido em todo o mundo e dono de um negócio mega lucrativo no setor de automóveis e armazenamento de energia. A produção de toda a empresa é voltada para a fabricação de carros elétricos de alto desempenho, além de outros componentes para esse fim, como produtos à base de baterias.

Até aí, nada de grandes diferenciais na badalada carreira do gestor. Contudo, o homem detém uma fortuna estimada em US$ 219 bilhões de dólares, ou seja, tornou-se a pessoa mais rica do mundo (conforme lista da revista Forbes de 2021). Diante desse montante, que convertido para o nosso Real equivale a uma média que ultrapassa R$ 1 trilhão de reais, eis que surge a pergunta: como dono da Tesla conseguiu essa peripécia de estar em pleno topo financeiro global aos 50 anos de idade?

Nascido numa família abastada (o pai era dono de uma mina de esmeraldas no continente africano), podemos até imaginar que toda sua riqueza tenha saído daí. Mas, não! Apesar do conforto na infância e adolescência, Elon Musk trilhou seu próprio caminho. E logo de início foi precursor de uma das piores ideias que se possam ter no mercado corporativo. Contudo, virou o jogo e hoje está no pódio da fortuna mundial.

Diante dessa novidade, como o empresário conseguiu se desvencilhar da insignificância de um projeto para a categoria do homem mais rico do planeta? Conheça sua trajetória e descubra como é possível sair por cima em qualquer ocasião!

Elon Musk: infância tranquila e primeiros anos promissores na fase adulta

Elon Musk
Elon Musk
Infância rica

Nascido em berço de ouro na África do Sul, Elon Musk passou uma infância bastante confortável em Pretória. O pai lidava com esmeraldas na Zâmbia e isso lhe garantia uma trajetória estável. Parecia que ‘a vida estava ganha’, como diz o ditado. Porém, o próprio equilíbrio financeiro o deixava inquieto. Tanto que, antes mesmo de completar 18 anos, o jovem se mudou para a América do Norte, primeiramente ao Canadá e depois aos Estados Unidos para aperfeiçoar os estudos.

A educação primorosa em boas escolas logo se voltou para um grande interesse no mundo da tecnologia. É nesse ramo que Elon Musk se assentaria com sua visão empreendedora, o que lhe traria momentos turbulentos, mas por outra parte, honrarias e grandes conquistas.

Bastante interessado na rotina das mídias impressas e digitais, ao lado do irmão, em 1995 o jovem apostou numa startup voltada para esse ramo. Nascia a Zip2 Corporation, empresa que fornecia conteúdos digitais para jornais on-line. A ideia parecia promissora, tanto que os rapazes vendiam seus conteúdos até para grandes companhias, como o New York Times. 

Até esse momento de sua vida, parece que tudo foi mil maravilhas, né? Não! Enquanto administrava a Zip2, Musk quis abraçar outro negócio, na verdade um emprego formal, o que resultou na sua expulsão da startup. 

Nessa montanha-russa empresarial, a Zip2 Corporation acabou sendo vendida por um valor estimável na casa dos US$ 300 milhões de dólares, o que rendeu a Elon Musk uma parte da grana. Eis que acontece a grande reviravolta em sua vida. Com o dinheiro em mãos, Elon não só teve uma nova ideia, como a transformou numa das piores já vistas no mercado corporativo. Olha só o que aconteceu com o jovem!

Elon Musk e sua ideia tida como uma das 10 piores do mundo

A proposta de Elon Musk para o novo negócio era mergulhar num serviço de pagamento on-line. Nascia em 2000 a Paypal, empresa que se tornaria uma das mais rentáveis anos depois. Contudo, logo de cara e com o que a internet oferecia no momento, o projeto visionário do empreendedor acabou recebendo um título não muito agradável: esteve entre as 10 piores ideias do mundo com o primeiro produto ofertado no mercado corporativo.

Inquieto, corajoso, sem pensar em desistir, Elon Musk continuou com o projeto. Até ser convidado a se retirar novamente de um negócio, dessa vez em plena lua de mel. Bem… se isso o desamparou? Até pode ser, mas como sempre fazia, o homem virou o jogo e se preparou para uma nova empreitada. Antes, porém, fez questão de se manter como acionista majoritário da empresa.

Elon Musk e a Tesla

Elon Musk
Elon Musk
Ideia visionária

O ramo dos automóveis pertence a um mercado extremamente competitivo. Passar por essa brecha e ganhar espaço é algo que, até então, parece impossível. Não para Elon Musk, que em 2003 fundou a Tesla.

Com o intuito de desenvolver, produzir e vender veículos automotores movidos à energia, a empresa logo foi ganhando espaço no mundo dos negócios, chamando a atenção em diversos espaços midiáticos. O resultado foi a evolução para outros produtos, como componentes para motores e transmissões para carros elétricos, além de artefatos à base de baterias, o que a colocaria num destaque inusitado pelo armazenamento desse tipo de energia.

Em 13 anos no mercado, a Tesla subiu ao patamar das 10 empresas automotivas mais valiosas de todo o planeta. Ou seja, o jeito visionário do empresário não era apenas mais uma resenha sem grandes possibilidades. Desde o lançamento da primeira startup, que ofertava conteúdos aos jornais on-line, até a Paypal que se embrenhava pelo estreito caminho dos pagamentos virtuais (num tempo onde esse tipo de resolução não era tão animador assim) e foi mal recebida no mercado, Elon Musk deixava claro que a palavra ‘desistir’ não fazia parte de seu dicionário particular.

Veja: poucos anos depois a Tesla superou a General Motors no mercado automotivo norte-americano. E mais: conta-se que ele tentou vender a empresa, mas acabou não vingando. O motivo? O encontro com o abismo da falência. Sim! Elon Musk também já se viu nesse patamar tão difícil que assola a vida de muitos empresários.

Musk e a SpaceX: um negócio do espaço!

Quando a SpaceX ofertou o primeiro voo comercial rumo ao espaço, a notícia logo se espalhou pelo mundo. Absurdo ou visão de futuro de Elon Musk?

Diante de uma pergunta que parece não ter uma resposta definitiva, bilionários se asseguram no sucesso das outras tentativas empresariais de Musk para comprar suas passagens. Ou seja, se até investidores acreditavam que 7 tripulantes (turistas) numa estação espacial não seria uma ideia de gente doida, por que pessoas com tanto dinheiro deixariam de adquirir seus lugares, inclusive para uma futura viagem a Marte?

Criada com um investimento de US$ 100 milhões de dólares, a SpaceX tem como foco a exploração espacial, com adendos para embarque de turistas bilionários. O que ocorreu em 2012, quando os 7 tripulantes aportaram numa estação espacial internacional. 

Diante de alguns erros em lançamentos espaciais, em 2020 a SpaceX juntou-se à Nasa para missões fora da Terra. Foi uma iniciativa privada espacial, ou seja, mais uma vez Elon Musk entrou para a história mundial.

Conclusão

Elon Musk
Elon Musk
Exemplo de persistência

Quando nos deparamos com uma fortuna de aproximadamente R$ 01 trilhão de reais, isso significa que Elon Musk ganhou em 2021 cerca de R$ 10 mil reais por segundo (conforme dados do portal UOL na data de 07/04/2022). Isso se dá principalmente pela alta nas ações da Tesla, a sua empresa de veículos automotores elétricos.

Hoje ele conta com 21% das ações da Tesla e acaba de comprar 9,2% das ações do Twitter, uma das redes sociais mais poderosas do planeta. E mais: entrou para o conselho da empresa, posicionando-se novamente nas manchetes mundiais.

O que fica para nós dessa ousadia de Elon Musk? Sua inquietude na juventude, que o levou para a América? Ou a sua persistência na hora de empreender? Talvez a junção dos dois, num ato simbólico que se espalha pelos cantos do mundo. Uma promoção clara de novos horizontes para quem deseja empreender, mas que tem receios de mergulhar nesse universo tão cheio de altos e baixos.

Diante de toda sua trajetória, e da fortuna arrecadada, fica a premissa de que nem sempre ter grana suficiente deve ser o primeiro passo para produzir e fazer acontecer. E mesmo diante de quaisquer abismos, o jeito é acreditar que se pode voar e não cair. Elon Musk é prova disso. Levou gente até pra voar até fora do planeta!

Gostou do que leu?

Então confira outros artigos recomendados pra você!

Teste Grátis a melhor ferramenta de MultiAtendente para WhatsApp do mercado?

Tenha vários usuários em um único número de WhatsApp!

Centralize a informação e melhore a qualidade do atendimento!