Growth Marketing para e-commerce: escale as vendas da sua loja virtual

COMPARTILHE COM SEU TIME!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Growth Marketing

Atuar dentro de uma empresa utilizando as estratégias de Growth Marketing requer uma ampla visão dos mais diversos métodos de otimização com o intuito de atrair potenciais consumidores para sua loja virtual. É também envolvê-los em determinada situação e convertê-los em clientes. E mais: é abrir espaço para fidelização, além de transformar essas pessoas em promotores espontâneos de sua marca. Já parou para pensar nisso?

Que tal aplicar as técnicas de Growth Marketing de maneira consistente para alavancar os leads e vendas na sua empresa?

Antes, porém, é preciso entender como funciona esse método de marketing pleno e como conduzi-lo buscando formas inovadoras na retenção e apreço por parte dos clientes, além de instigá-los de maneira natural a divulgar seu negócio!

Growth Marketing

Growth Marketing: o que é?

Growth Marketing pode ser entendido como um conjunto de estratégias utilizadas do topo ao fundo de funil, que visa a retenção de clientes e tem seu foco principal no reconhecimento de determinada marca ou negócio.

Quando se pensa nessas estratégias, toda sua base é construída para o crescimento firme de um empreendimento. Sendo assim, atingir as metas planejadas torna-se o objetivo principal dos colaboradores que ali trabalham.

É claro que viabilizar situações geridas para engajamento tende a ser algo trivial dentro de uma empresa. Contudo, é preciso pensar além das métricas via topo do funil quando se utiliza o Growth Marketing durante a rotina de qualquer negócio. Ou seja, a ideia de ter curtidas nas redes sociais, comentários, instigar ações, tudo isso necessita de adendo, algo a mais, e que possa ser resumido numa única frase: a fidelização do cliente. É o consumidor dedicado a movimentar a máquina financeira de determinada empresa por um longo período de tempo. 

E ao falar em fidelização, o cliente que tem estima por determinada empresa também é capaz de trazer para ela novos consumidores. Isso acontece a partir do momento em que o mesmo adquire confiança total numa marca aprazível. Sendo assim, promoverá os produtos de forma natural, sem aquele texto raso e forçado nas redes sociais. Mas para tanto, é preciso buscar métodos que o incentivem a exaltar o negócio em questão. O Growth Marketing é o conjunto de estratégias utilizado para esses fins.

Growth Marketing

Como elaborar o conjunto de estratégias de Growth Marketing para sua empresa

A implementação desses métodos para Growth Marketing requer atenção em alguns pontos específicos, pois deles resultarão o sucesso das ações. Um desses itens, tido como primário e extremamente necessário, é o reconhecimento do público-alvo na sua totalidade.

Imagine as mais diversas pessoas que visitam seu e-commerce para pesquisa de algum produto ou serviço. Dessas, quais realizarão a compra? 

Para responder a indagação acima, é preciso entender que há grupos específicos de potenciais clientes que realmente estejam interessados no seu negócio. São homens ou mulheres? De que faixa etária? Qual é o nível de escolaridade dessas pessoas e a renda média mensal? Isso define o público-alvo.

Mas dá para ir além, ou seja, conhecer cada uma dessas pessoas na sua individualidade. E isso pode ser feito, por exemplo, com a entrega de algumas perguntas para que esses clientes respondam. Você pode ofertar um e-book ou mesmo algum outro brinde, mas para recebê-lo a pessoa participa de uma breve pesquisa.

Caso seu engajamento na internet ainda seja pequeno, procure aumentá-lo com mais postagens nas redes sociais ou conteúdos para o blog de seu site. Tente entender quem é seu futuro consumidor, pois ao reconhecê-lo, há como criar estratégias mais específicas de aproximação, retenção, conversão e fidelização.

Tendo seu público-alvo definido, agora você precisa saber onde ele se encontra no mundo virtual. Quais redes sociais são mais adequadas para que você se aproxime de seus potenciais clientes?

Quando nos apercebemos sobre essa dimensão, entendemos que não há necessidade de uma empresa estar presente em todas elas, e sim nas que mais interagem com seu público. Imagine, por exemplo, se o site do seu e-commerce não é responsivo, sendo que a maioria das pessoas hoje acessam o Instagram ou Facebook via celular? 

O Twitter é outra rede que está presente via smartphones, mas diferentemente do Facebook, ela é imediatista. As notícias chegam a todo momento. Ou seja, é um espaço para novidades. Vamos dar como exemplo uma padaria e ela acabou de assar as baguetes da tarde. Postar essa atualização pode ser interessante. Entendeu?

O Youtube também pode ser compreendido como uma rede social. Como ele está diretamente ligado ao Google, quando se cria um conteúdo nessa plataforma, automaticamente o vídeo tende a ser engajado para aparecer nos resultados de busca do próprio Google. É uma vantagem que precisa ser analisada e exige um pouco mais de tempo no preparo dos vídeos e edição dos mesmos.

Growth Marketing

Se seu público-alvo é outra empresa, então um lugar ideal para você expor suas ideias é o LinkedIn. Essa rede social foi elaborada para ser reconhecida como um espaço profissional, onde pessoas e empresas podem ofertar diretamente seus produtos e serviços.

E como a internet vive nos entregando novidades, a do momento é o TikTok. Contudo, ele atinge mais o público adolescente e isso precisa ser levado em conta na hora de entregar conteúdos. 

Por falar em idade, as redes sociais seguem seus padrões etários. Enquanto o Facebook se tornou espaço para os jovens adultos de 18 anos até os trinta e poucos, o Twitter avança um pouco mais, encostando na meia idade, mas com um público predominante masculino.

Entendeu o motivo de assinalarmos lá no início deste subtítulo a questão do público-alvo? Tendo esse parâmetro demográfico em mãos, fica mais fácil saber quais redes sociais utilizar para geração de leads.

E após reconhecer qual mídia expor as ideias de sua empresa, é preciso saber que conteúdo entregar para seu público. Sendo assim, fica uma dica: tente elaborar nas pesquisas que serão entregues ao seu público-alvo, algumas perguntas que possam resultar no tipo de conteúdo que ele mais gosta de receber. Seria um artigo via blog, imagens e infográficos, vídeos, podcasts? Entenda que o consumidor é quem determina o que ele quer.

Não confunda Growth Marketing com Growth Hacking

Diante de nomes tão parecidos, muitas pessoas acabam confundindo o que mapeia o Growth Marketing e o Growth Hacking. Contudo, não é tão complicado separá-los nas suas funções. 

Imagine que o Growth Marketing seja um bolo e o Growth Hacking seja uma fatia desse bolo. Sim, o segundo é uma parte importantíssima desse conjunto de estratégias, porém, ele não é a totalidade do método. 

Por exemplo: Se o Growth Marketing, diante de sua amplitude, retém seus resultados a longo prazo, o Growth Hacking foca em algo mais imediatista. E utiliza a tecnologia para alcançar os parâmetros desejados. Por outro lado, o Growth Marketing visa a relação cliente e empresa, e isso é algo mais íntimo, pessoal. O consumidor passa a gostar da marca, muito mais do que a facilidade encontrada na tecnologia que o alcançou. Isso faz com que haja fidelização e, por fim, cria-se nele a ideia de promover determinados produtos de forma natural.

Growth Marketing

Growht Marketing: Crescimento a longo prazo

Independente do seu negócio ser novo ou consolidado no mercado, é preciso entender que para utilizar o conjunto de estratégias do Growth Marketing há a necessidade de um acerto com o tempo. Sim! Tais métodos não são eficazes quando apressados.

Encontrar o cliente ideal, manter contato, atualizá-lo, criar conteúdo, averiguar frequentemente os dados e métricas, tudo isso leva tempo. Portanto, ao se dispor para esse tipo de engajamento, tenha calma para ir colhendo os frutos aos poucos. É nesse caminhar que vai se consolidando o apreço, a estima, a consideração por parte do cliente. É desse processo que sai a fidelização e, consequentemente, a vontade do próprio consumidor em divulgar sua marca. Portanto, pense sempre num longo prazo quando optar pelo Growth Marketing. E não se esqueça de sempre mensurar os pequenos resultados obtidos. É através da métrica que sua empresa irá se nortear, tendo assim um crescimento de maneira consistente.

Conclusão

Encontrar o público certo para consumir seus produtos ou serviços nem sempre é uma tarefa fácil. E ao retê-lo, cultivar essa amizade faz parte de um intenso processo. Mas para tanto, entregar conteúdos relevantes, estar nas redes sociais certas, promover descontos, tudo isso se torna essencial quando você opta pelo conjunto de estratégias do Growth Marketing.

Conduzir estratégias relevantes, entregar propostas inovadoras e atingir as metas planejadas é parte de todo esse processo. E lembre-se: manter o cliente dedicado ao ponto de o mesmo divulgar a sua marca será sempre o principal resultado a ser atingido.

Gostou do que leu?

Então confira outros artigos recomendados pra você!

Teste Grátis a melhor ferramenta de MultiAtendente para WhatsApp do mercado?

Tenha vários usuários em um único número de WhatsApp!

Centralize a informação e melhore a qualidade do atendimento!