7 passos para ganhar dinheiro vendendo Seguros

0
291

Certamente você já se perguntou: como se dar bem nesse negócio de vender seguros e de que maneira você pode fazer sua Corretora crescer constantemente. Acertamos?

Então para não perder tempo e ir direto ao assunto, a Villa IT listou alguns passos para te ajudar a ganhar dinheiro com o mundo dos Seguros:

VIVA APENAS ESTE NEGÓCIO
Antes de mais nada, você precisa ter a consciência de que para construir o seu sucesso é preciso dedicação exclusiva. Não adianta querer vender mais de um produto ao mesmo tempo, pois o generalista nunca será visto como diferencial. Procure ser especialista e conhecedor nato daquilo que está vendendo.
Se o cliente pedir algo que você não oferta, é simples: indique um Expert no assunto.

Lembre-se: você não precisa atuar em tudo (nem deve). Certamente haverá diversas oportunidades de encaixar numa venda outros produtos que não são de sua carteira, por isso, as parcerias são tão importantes na área de Seguros. Firme parcerias com colegas do mercado, para que haja uma indicação recíproca. Você indica clientes ao seu colega e ele indica clientes para você 😉

ENCONTRE SEU PÚBLICO
Tenha sempre em mente: você sabe mais do seu próprio negócio do que qualquer pessoa!
Sendo assim, apresentar Seguros de um ramo específico torna-se mais fácil do que você imagina, mesmo que haja um certo receio em apresentar seu produto para um público que você considera mais difícil de atingir.

Mais do que nunca, sempre estude o mercado, alguns potenciais clientes e empresas que você pretende impactar. Com esses dados em mãos, fica mais certeiro atingir quem realmente procura o que você vende.
Resumindo: Ofereça seu produto a quem precisa!

Dica de tendência: Busque segmentar seu público. Ainda há uma série de mitos que afastam os brasileiros de algum tipo de seguro, como o de vida, por exemplo.
Para a maioria das pessoas, é difícil se planejar a longo prazo, por isso a abordagem neste tipo de venda precisa ser clara e certeira.

Lembre-se: Um dos pontos-chave na venda de Seguros é você estar confiante para QUEM vai apresentar seu trabalho.

ALTA ATIVIDADE DE FORMA ININTERRUPTA
Esse é um dos principais problemas em quem quer crescer constantemente.
A maioria dos empreendedores não consegue manter a alta atividade até que tenha se consolidado no mercado. Muitas deles preferem ter seu estilo, perfil do cliente, formas de abordagens mais assertivas e zona de performance definidos.
Para facilitar o que estamos querendo dizer, a Pirâmide invertida pode te dar ótimos exemplos:

– Até o 3º mês de existência, sua Corretora deve ter feito próximo a 300 visitas/ligações para possíveis clientes. Com , em média, 5 contatos por dia, sua empresa tende a sobreviver.
Se você não abandonou tudo até aqui, é um ótimo sinal de foco no negócio. Paciência e persistência são fundamentais para alavancar seus negócios.

– Do 3º ao 9º mês é onde você adquire conhecimento suficiente para começar a ter o sucesso esperado. É neste período que você começa a sentir os resultados na prática, mesmo porque, a essas alturas, você já deve ter feito aproximadamente 750 contatos e essa redução na média é exatamente pelo fato de você ter outros afazeres como empreendedor.
Busque sempre organizar sua rotina de modo assertivo, mas estipule uma meta no número de atendimentos, para que a performance de sua Corretora de Seguros não comece a cair de repente!

– Já do 9º ao 18º mês você passa a usufruir de tudo o que passou. É neste momento que você vê que está mesmo no caminho da conquista, já que consegue fazer contas de como sua atividade diária está impactando em seus resultados e o que ainda precisa ser feito para que o sucesso aconteça na prática e diariamente. Teoria não traz dinheiro para o caixa, não é mesmo?

– Quando sua Corretora tiver entre 18 e 36 meses, você terá feito aproximadamente 2.500 contatos, ou seja, tudo que precisava para o alinhamento total de seu modelo de negócio, perfil, zona de performance, ajustes nas habilidades, definir qual é seu público e tantas outras informações importantíssimas para a saúde de sua empresa.
Neste momento, provavelmente, você há passou por todas as coisas que podia e os problemas que surgirem ao longo do percurso serão enfrentados com mais facilidade.

Há algo muito especial neste momento em que sua empresa se encontra. Você já consegue compartilhar e formar as primeiras equipes de forma assertiva na prática e é aí que os resultados começam a aparece com muito mais facilidade. Nestes três anos de existência você consegue iniciar uma formação sólida de equipe e aí seu faturamento começa a aumentar no mesmo prazo, apenas compartilhando, ensinando na prática como ser um líder, que fica a frente, fazendo a empresa crescer.

NUNCA PARE DE RECRUTAR
Essa é uma das etapas mais legais no processo de expansão de sua empresa. Nunca pense em parar de recrutar pessoas excelentes para compor seu time. Toda hora é hora de aumentar sua equipe para que seja possível crescer mais e mais rápido ainda.

O segredo está em ter várias formas de recrutamento diferentes. Tenha em mente que sua empresa precisa de profissionais focados e com ânsia de superar as expectativas. Nem pense em trabalhar com tartarugas, senão você pode se tornar uma delas, então pense em contratar leões que brigam intensamente para serem os melhores.

Além disso, una a ciência das informações e perfis com seu feeling de experiência prática, mas cuidado, não queira usar apenas o feeling, pois você vai acabar pagando a conta, certamente! Ciência e dados servem para serem utilizado e feeling para complementar sua visão sobre o negócio. Em seu recrutamento, sinta cheiro de ambição da pessoa que está entrevistando, a vontade de enriquecer, de sair da zona do conforto, de querer marcar sua missão. Garantimos: isso faz toda a diferença!

O que distingue recrutadores bem-sucedidos dos ruins é a capacidade de transmitir entusiasmo àqueles que estão sendo entrevistados. Mostre sua capacidade de ouvir com a alma, selecionado tudo o que ele falar com fervor e paixão pelo que pode fazer.

INVISTA O MÁXIMO QUE PUDER
O maior bem que as empresas de sucesso possuem e não poderia ser diferente no segmento de Seguros é investir o máximo possível em desenvolvimento de equipe, ou seja, em pessoas e seus conhecimentos, habilidades e o mais importante: atitude! Mas não esqueça, só atitude sem interesse de conquistas também não resolve o problema. Diante de pessoas com atitude e perfil desejado, treine muito e claro, se puder, invista em recursos para que esta se torne ainda melhor, pois nunca você será esquecido pelo quanto agregou profissionalmente à vida dessa pessoa.

TENHA SEMPRE AS MELHORES PESSOAS COM VOCÊ
Este é um assunto delicado, por isso, nunca tente ser o melhor em tudo, pois será apenas mediano. Aceite que você é excelente em algo, mas permita que pessoas que compõe o seu time também sejam boas, inclusive, melhores que você.

Se fizer sociedade, parceria ou qualquer outra coisa, saiba que cada um tem seu valor e se não for de seu agrado, siga seu caminho e faça você mesmo, apesar de acreditar que sozinho você vai mais rápido, mas com uma equipe você vai muito mais longe!

Faça parcerias que fazem sentido. Una-se ou participe de negócios que cada um ganha sua parte sem que outros pensem que vale mais ou menos, pois este é um grande mal das negociações onde uns ganham e outros sofrem com a perda! A relação ganha-ganha é a chave do sucesso na construção de equipes de vendas.

NÃO OLHE PARA TRÁS, JAMAIS
Esta é uma questão importante se você quiser ganhar muito dinheiro com a venda de seguros. Com certeza, toda vez que você olhar para trás vai encontrar alguém reclamando das dificuldades. Por isso, não se deixe levar pelo que acontece com os demais que estão no mercado. Lembre-se sempre que reclamação só leva ao retrocesso e que você deve apenas aprender com os erros que cometeu no passado. O certo sempre é parar e avaliar o caminho percorrido, para reorientar e redirecionar seus resultados.


Diante de todos estes 7 passos não tão fáceis de serem seguidos, fica uma pergunta:

Você realmente tem convicção que este negócio é para sua vida?

Se você entrou nesse negócio, é porque avaliou que era viável. Correto?
Tenha sempre em mente que, se sua Corretora se desenvolver, é um tipo de negócio que chega a ser menos afetado por crises, por exemplo, porque os brasileiros tendem a cuidar mais de seus bens em momentos ruins, por medo de perder o que conquistaram.
Esteja ciente que escala neste negócio é tudo, e sem ela você não conseguirá ter um volume de negócios a contento, nem dinheiro suficiente que faça sentido!

Sempre estipule metas realistas para sua Corretora. Por exemplo, se você conseguir chegar a 1.000 clientes ativos na sua carteira de forma solitária certamente ganhará um bom dinheiro, mas se atingir níveis de 30, 40, 50 mil pessoas na carteira de sua empresa ou equipe você fará uma máquina econômica como nunca foi capaz de pensar, e melhor, não dependendo de apenas um negócio, que se perder você ficará pobre!

Além disso, um líder precisa sempre estar em campo, para visitar os clientes, se mostrar presente e suprir, de forma integral, a figura dos colaboradores, que efetivamente estão em contato com o cliente. Sua presença na linha de frente, gera a proximidade necessária, entende o dia a dia do cliente, suas histórias, tristezas, angústias, alegrias, interesses, objetivos e etc.
Ter bons líderes que vão a campo faz como que eles entendam do negócio. Quem não viveu a experiência direta com o cliente não sabe como agir diante algumas situações e se não sabe o que fazer, não pode provar que tais soluções são possíveis, e aí sabe o que acontece? Sua empresa morre e sua equipe morre pela falta de credibilidade.


Pra fechar, aí vai uma dica de ouro, muito valiosa:

O célebre consultor de marketing norte-americano Philip Kotler ensina que: “Conquistar um novo cliente custa de 5 a 7 vezes mais que manter um atual”. Por isso, insistimos: fidelizar o cliente é grande parte da chave do sucesso.
As empresas, erroneamente, realizam grandes esforços na captação de novos clientes, investindo milhões em estrutura física e em propaganda para chamar a atenção, porém, praticamente esquecem que vale muito mais a pena construir um relacionamento de longo prazo do que realizar uma nova venda. Empresários investem pesado em marketing e comunicação, descontos, abatimentos, campanhas publicitárias e numa infinidade de técnicas que, em curto prazo, promovem certo aumento de receita. Mas será que é possível criar, da noite para o dia, uma cultura de um bom atendimento por parte dos colaboradores para atrair novos clientes? Ou será que a grande sacada de mercado está em manter os antigos? Um dos grandes gargalos atualmente é atingir a excelência no atendimento, considerado um importante diferencial frente aos concorrentes, mas que nem sempre é alcançado, mesmo pelas empresas que já estão financeiramente mais consolidadas.

Lembre-se: Trabalhe melhor seu cliente. Entenda tudo sobre seu perfil e busque conhecer sua família, afinal, diversos outros produtos podem e devem ser ofertados à ele, mas todo cuidado é pouco, pois sua abordagem deve ser de maneira consultiva, afinal, você não é nenhum tirador de pedidos.

Seja você a prova viva que é possível ou se alie a quem faz acontecer e siga o caminho da conquista.

Queremos ajudar sua Corretora de Seguros a atingir o sucesso e você a ganhar dinheiro vendendo seguros.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor introduza seu comentário!
Por favor indique seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.