impulsionar no facebook

Impulsionar no Facebook? Não Faça essa Besteira!

Impulsionar no Facebook ou Instagram? Não cometa esse erro!

Aqui é o Edson e nesse vídeo e artigo vou falar sobre um botão maldito que faz você jogar seu precioso dinheiro no lixo quando anuncia no Facebook e no Instagram.

Esse botão se Chama Impulsionar no Facebook e Promover no Instagram.

Se você já clicou nele, preste atenção em tudo o que vou falar aqui. Se você não faz a menor ideia do estou falando, dê graças a Deus por não ter caído nesse golpe do Facebook e do Instagram e preste bastante atenção no que vou falar, se quer usar essas plataformas pra encher sua agenda sem jogar dinheiro fora.

Se você parar de assistir o vídeo, sinceramente? Eu não ligo pra isso… quem vai continuar perder dinheiro é você e não eu…

Aqui na nossa empresa nós exploramos todo o potencial da ferramenta e temos um excelente retorno de tudo que é investido…

Agora, se você assistir o vídeo até o final e continuar clicando nele, me desculpe a sinceridade… mas tenho que te chamar de burro…

Ele é fácil, está ali chamando a sua atenção sempre que publica alguma coisa… e as vezes o Facebook ou Instagram até indicam quais posts você poderia impulsionar no Facebook ou Instagram… Mas, resista à tentação!

Quando você cria um anúncio no Facebook, nós devemos sempre começar com o nosso objetivo, que você escolhe dentro do Gerenciador de anúncios…

Seu objetivos podem ser envolvimento, tráfego, conversões, mensagens… entre diversos outros…

Quando você seleciona o seu objetivo de marketing dentro da plataforma, o Facebook direciona os seus anúncios para as pessoas que são mais propensas a realizar aquela ação… se for conversões, ele direciona para pessoas que são mais propensas a realizar uma compra online, por exemplo.

E qual o erro ao clicar no botão impulsionar no Facebook?

Quando você clica nesse botão, você automaticamente cria uma campanha com o objetivo “Envolvimento com a Publicação”. Ou seja, o Facebook direciona sua campanha para as pessoas que tem mais propensão a curtir, comentar ou compartilhar sua publicação.

Por isso chamo de métrica de vaidade… quem não quer ter um perfil nas redes sociais com milhares de seguidores ou centenas de comentários? Isso é muito empolgante!

Mas, essas curtidas e comentários não geram venda pra sua empresa. E se não geram vendas, não pagam boletos… sendo algo apenas que vai inflar o seu ego, nada mais!

Se você olhar nossas redes sociais, provavelmente verá que quase não temos postagens e temos bem poucos seguidores…, mas, temos centenas de anúncios rodando nelas, pro público certo e com o objetivo de marketing certo, que vai gerar o tão querido dinheiro pro nosso bolso!

Em 2016 eu atendia uma rede de escolas que contava com mais de 60 franqueados em todo o Brasil, mas dois franqueados me chamavam muita atenção.

Um deles era super antenado em publicidade nas redes sociais e sempre buscávamos juntos testar todos os objetivos de marketing, testar ideias e ver o qual gerava mais retorno… era muito bom trabalhar com ele…

Já o outro queria trabalhar sempre com o impulsionar no Facebook… era apaixonado por ver seus posts cheio de curtidas, com diversos comentários elogiando aquelas fotos bonitinhas… mas adivinha? Vivia reclamando que as campanhas não davam resultado.

Quando nossa equipe fazia a sugestão para utilizar os objetivos de marketing certos, ele não aceitava: era sempre a mesma história… precisamos de comentários e curtidas pra vender.

E essas vendas não chegavam.

Assim, convenhamos: Se o Facebook criou esses outros objetivos dentro da plataforma, ele sabe o que está fazendo, pois ele é o criador de tudo aquilo… quem somos nós pra falar que entendemos mais sobre o negócio deles do que eles mesmos?

O Facebook sabe tudo o que nós fazemos dentro das plataformas… é provável que ele saiba coisas sobre você, que nem mesmo você sabe!

Continuando com a história da rede de escolas, eu e meu sócio decidimos reformular o nosso negócio e paramos de atender a rede na metade de 2017…

A uns 2 meses atrás, estava conversando com outro dos antigos franqueados, que se tornou um amigo pessoal e acabei lembrando desses dois antigos clientes e perguntei sobre como estavam…

Ele me contou que muitas coisas haviam mudado na rede e que aquele franqueado que era apaixonado por ver comentários e curtidas em posts bonitinhos acabou fechando… simplesmente faliu…

Já o outro franqueado, que trabalhava corretamente com os objetivos do Facebook acabou saindo da rede.

Sabe para que? Pra abrir a própria rede de franquias dele… hoje ele conta com mais de 10 escolas espalhadas pelo Rio Grande do Sul, estado onde ficava a franquia dele.

Qual a moral dessa história? Curtidas, comentários e compartilhamentos não pagam boletos e nem enchem o bolso de ninguém!

Se você vê essas métricas como as principais do seu negócio, comece a repensar isso e lembre da história desses dois franqueados da rede de escolas e decida: Qual deles você quer ser?

Quer aprender a utilizar de forma correta essas ferramentas pra lotar a sua agenda de clientes e ter acesso a muitas estratégias testavas e validadas? Então você precisa conhecer o nosso curso Agenda Cheia, que conta com o que existe de melhor em estratégias que realmente geram resultado.

Se você recebeu esse vídeo através da nossa equipe, solicite todos os detalhes desse curso. Se chegou ao vídeo através do nosso canal do YouTube, utilize o link na descrição para conversar com nosso pessoal!

E não esqueça de deixar seu comentário sobre o vídeo. Ele é importante para termos novos conteúdos sempre! Te espero no próximo vídeo! Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *