Como montar um mercadinho? Aprenda a montar seu próprio negócio!

como montar um mercadinho

Não é difícil aprender a como montar um mercadinho. Além de ser um investimento acessível, esse tipo de empreendimento pode trazer excelentes resultados. Mas, para que isso aconteça, é preciso observar alguns pontos fundamentais.

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player!

Isso porque a abertura de um mercadinho necessita de um planejamento, assim como em qualquer outro negócio. Variáveis como a localização e os fornecedores podem impactar diretamente sobre os resultados do negócio.

Com o objetivo de falar mais sobre esse tema, explicamos o que deve ser observado para que se tenha sucesso na abertura desse tipo de empreendimento. Para saber mais, basta prosseguir na leitura!

Vale a pena investir nesse negócio?

como montar um mercadinho

A pergunta mais corriqueira de quem pretende abrir um mercadinho é se esse negócio pode proporcionar um bom retorno sobre o investimento.

Ainda que a resposta a essa pergunta dependa de uma série de variáveis, podemos dizer que abrir um empreendimento como esse pode trazer muitos lucros.

Para chegar a essa conclusão basta que se observem os números concernentes a esse tipo de negócio.

De fato, estudos apontam que a quantidade desses estabelecimentos somente em São Paulo cresceu mais de 60% em quatro anos.

Atualmente, estima-se que existam mais de 200 mil mercadinhos espalhados por todo o país.

Mas o que faz esses empreendimentos sobreviverem, mesmo após a chegada de grandes redes de supermercados?

Antes de qualquer coisa, os mercadinhos oferecem como vantagem a proximidade.

Apesar do maior número de supermercados em todo o país, o fato é que nem sempre eles ficam tão próximos do consumidor final.

É muito comum que as pessoas prefiram por vezes fazer compras no mercadinho do bairro para terem que se deslocar até grandes avenidas movimentadas.

Assim, são evitados também os gastos com estacionamento e combustível. Afora a localização privilegiada, os mercadinhos oferecem também um atendimento mais personalizado.

Isso porque o contato permanente dos moradores com o negócio permite uma aproximação mais pessoal entre empreendedor e cliente.

Ademais, muitas vezes os preços praticados nos mercadinhos não são muito diferentes daqueles estabelecidos nos supermercados.

Aprendendo como montar um mercadinho

como montar um mercadinho

Localização

A primeira variável a ser observada é o ponto onde será instalado o negócio. Quanto a isso, é recomendado que o estabelecimento fique a certa distância de grandes supermercados.

Isso porque essa proximidade gera uma concorrência indesejável, que pode prejudicar os lucros e por em risco o negócio.

Investimento

Conforme já mencionamos, não é preciso muito dinheiro para se montar um mercadinho.

Com um capital suficiente para comprar produtos básicos e manter uma estrutura mínima, já se pode montar o empreendimento.

No entanto, o valor dependerá do tamanho desejado para o estabelecimento. Do mesmo modo, despesas com aluguel podem variar bastante a depender do bairro.

Divulgando o negócio

O objetivo da divulgação de um mercadinho é fazer com que os moradores do local tomem conhecimento do negócio.

Para isso, podem ser utilizadas antigas práticas, como o aluguel de um carro de som.

Para empreendedores mais afeitos à tecnologia, é possível utilizar serviços de segmentação por localização em plataformas de anúncios.

Fornecedores

Ter bons fornecedores é essencial para que se garanta o abastecimento do negócio com produtos de qualidade.

Ademais, é preciso buscar parceiros que consigam oferecer preços que caibam no orçamento do mercadinho, de modo a não desequilibrar as finanças.

Um empreendimento com boas chances de retorno

como montar um mercadinho

À vista do que foi dito, podemos concluir que investir nesse tipo de negócio é uma excelente forma de se tornar um empreendedor e garantir a independência financeira.

No entanto, é preciso saber como montar um mercadinho, pensando a melhor localização para o negócio e o investimento inicial.

E você, está pensando em abrir um mercadinho no seu bairro? Compartilhe suas ideias!